Tecnologia

Volcengine, Alibaba Cloud e Tencent Cloud criam padrão técnico para transmissões de vídeo ao vivo

A Volcengine, da ByteDance, organizou uma Conferência de Tecnologia de Vídeo em Nuvem, e Alibaba Cloud e Tencent Cloud participaram, e lançaram em conjunto um “Padrão de sinalização de protocolo de transmissão ao vivo de latência ultra baixa”.

Este padrão define oficialmente o processo de interação de sinalização “cliente-servidor” da transmissão ao vivo pela primeira vez, reduzindo a lentidão da tecnologia tradicional de transmissão de 3 a 6 segundos para 1 segundo.

A redução na latência pode ser aplicada na transmissão de jogos, aulas online e outras áreas de grande importância, trazendo uma experiência ao vivo mais fluida e rápida.

Na tecnologia tradicional de transmissão ao vivo, há um atraso significativo devido a fatores como protocolos de transmissão. Por exemplo, ao assistir a um jogo no celular, muitas vezes pode se ouvir aplausos e comemorações antes do gol ser feito na tela do celular, é um atraso inevitável.

Para reduzir o delay, a indústria de vídeo começou a usar a tecnologia WebRTC (Web Instant Messaging) nos últimos anos. No entanto, como WebRTC não define o processo de interação de sinalização, diferentes usuários têm seu próprio conjunto de lógica de interação entre o cliente e o servidor, o efeito é desigual e a indústria carece de uma solução padronizada.

O padrão que Volcengine, Alibaba Cloud e Tencent Cloud estabeleceram em conjunto, com base na prática técnica, simplifica o processo de interação de sinalização, além de trazer várias otimizações no WebRTC.

Os novos padrões técnicos fazem com que o atraso das transmissões ao vivo para uma distribuição em larga escala seja por volta de 1 segundo, podendo chegar a 0,5 segundos.

 

Fonte: IT Home